quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Estado de Graça!

Vem de dentro. Lá de dentro. É como uma viagem. Micro, interna. Macro, materna.  De repente, luz! Que transformação linda e intensa. Pra mim, tudo tem sido lindo. Pois tudo tem sido aprendizado, rasgação, entrega. Cada enjôo, cada quilo a mais, cada mancha ou marca. Tudo é história e geografia do corpo, da vida, do espírito. Ser água é assim. É deixar a vida fluir dentro de mim. Fora de mim. Ventre de mim. Me sinto loba. Me sinto lua. Lua crescente. Brilhando cada vez mais. Emanando cada vez mais energia e vibração. Vibrando todas as águas. Dentro e fora de mim. Dentro do dentro de mim. O ventre é um mistério. O útero é nossa caverna sagrada. E lá dentro, quando o ambiente tá bem cuidadinho, com fogo aceso, água limpa, ar puro e terra úmida, a vida brota. O broto nasce e cresce e cresce e cresce. E é lindo cuidar dessa plantinha dentro da gente. É louco mesmo. A gente vira bicho, vira planta. Vira o que somos. Parte dessa grande egrégora ar-terra-fogo-água. Que viagem mais incrível tem sido essa das últimas 13 semanas. Saluba! Eu, você aqui dentro, meu compa e seu papai aqui fora. Tem sido puro amor, conexão, ancestralidade, diversão, tesão, negritude. É muita luz. É o estado de Graça!



Um comentário:

  1. Linda hermana d'água! Que tudo continue fluindo harmonicamente!!

    ResponderExcluir